terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Leitores do GLOBO elegem os melhores da música em 2010, entre eles estão o duo da Maria Gadú com o Caetano Veloso

Apenas com seus violões, suas vozes e canções de suas carreiras, a dupla fez dois belos recitais no Citibank Hall, em dezembro, sendo que o segundo vai servir de base para um DVD com lançamento agendado para março do ano que vem.

Nós perguntamos, vocês responderam. Desde o último dia 17, os leitores do site do GLOBO foram convocados a escolher os destaques culturais do ano que se encerra. Eram cinco categorias relacionadas à música: Show internacional, show nacional, disco internacional, disco nacional e música-chiclete. O resultado da enquete trouxe apostas certas e algumas surpresas.

A música em 2010: cena paulista se consolida e Rio compensa falta de palco com criatividade

Show internacional

Em um balanço de sua mais recente turnê em seu site oficial, Paul McCartney declarou que o melhor show que ele e sua banda fizeram em 2010 foi o do dia 21 de novembro, em São Paulo. O show foi o segundo de três apresentações do ex-beatle em solo brasileiro e reuniu 64 mil fanáticos no Estádio do Morumbi que, pelo visto, concordam com o astro. Com 41% dos votos, a passagem de McCartney pelo Brasil foi eleita como o melhor show do ano na opinião dos leitores do site do GLOBO.

Em segundo lugar, mas perdendo de lavada, vem a diva pop Beyoncé. Sua "I am... World Tour" pousou em Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador em fevereiro e levou 13% dos votos. Em um empate, Black Eyed Peas e Coldplay ficaram em terceiro lugar com 8% cada.

Show nacional

Assim como a disputa entre os shows internacionais que aportaram por aqui, a versão nacional da nossa enquete de final de ano também premiou um medalhão: a turnê de Caetano Veloso em parceria com a novata Maria Gadú passou por seis cidades brasileiras e foi eleita por 18% dos leitores como o melhor show do ano.

Com 14% dos votos, o segundo lugar foi para o Skank, com o show que rodou o país para divulgar o DVD gravado ao vivo no estádio Mineirão, em sua Belo Horizonte natal. Com uma diferença de apenas um ponto percentual, o terceiro lugar ficou com a turnê de Ivete Sangalo, que teve seu auge com o show no Madison Square, em Nova York e levou 14 mil fãs a um dos principais palcos da música pop americana.


Disco internacional

Em uma disputa para lá de democrática, os leitores do site do GLOBO elegeram cinco álbuns como os três melhores do ano. No primeiro lugar, a cantora pop Katy Perry dividiu espaço com o ex-Led Zeppelin Robert Plant. "Teenage dream", da musa americana, e "Band of joy", do cantor inglês, receberam 17% dos votos cada.

No segundo lugar do pódio, mais uma dobradinha pop-rock. "The suburbs", o terceiro disco da banda indie canadense concentrou 13% dos votos, assim como "Rated R", o primeiro disco da cantora Rihanna desde o estouro do hit "Umbrella", de 2007. O terceiro lugar coube à banda virtual Gorillaz, que teve 10% dos votos com seu "Plastic beach". A banda de Damon Albarn, do Blur, acaba de lançar mais um álbum, o quarto de sua carreira, disponível para download gratuito em seu site oficial.


Disco nacional

A reciclagem deu o tom da votação de melhor disco nacional de 2010. Saudosistas, os leitores do GLOBO elegeram três discos de covers como seus preferidos do ano. Em primeiro lugar, o "Bailão do Ruivão", de Nando Reis, com 19%. No projeto em parceria com a MTV, o músico e a banda Os Infernais recriaram clássicos que influenciaram o ex-titã como "Gostava tanto de você", "I can see clearly now" e até a lambada "Chorando se foi".

Já Marcelo D2 mirou em apenas um ídolo e gravou um álbum inteirinho cantando Bezerra da Silva. O público aprovou e deu a ele 18% dos votos na enquete. Em "Canta Bezerra da Silva", o ex-Planet Hemp deixou aflorar seu lado sambista e regravou sucessos como "A semente" e "Malandragem dá um tempo". O terceiro lugar ficou com "Música de brinquedo", do Pato Fu, que conquistou 17% dos votos. Na nova empreitada, Fernanda Takai e companhia gravaram versões infantis para um repertório que vai de "Sonífera ilha" a "Love me tender".

Música-chiclete

Perguntamos qual foi a música mais grudenta do ano, aquela que era ouvida nas rádios, nas academias de ginástica, nos ônibus e por onde mais se passasse. A resposta de 27% do público foi "Rebolation", do Parangolé, que se popularizou durante a décima edição do "Big Brother Brasil". A segunda colocada foi "Meteoro da paixão", do astro teen sertanejo Luan Santana, com 22%. Em terceiro lugar, outro astro teen: "Baby", do canadense Justin Bieber, teve 18% dos votos.

Fonte: OGlobo
Yahoo

Nenhum comentário:

Postar um comentário