quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Maria Gadú fala sobre carreira, parcerias e casamento gay

Por: Marcos Casé

Divulgação
http://www.atarde.com.br/arquivos/2011/02/216393.jpg

Bastante à vontade com a imprensa, a cantora Maria Gadú disse estar emocionada em estrear num evento do porte do Festival de Verão.

Em coletiva pós - show, agradeceu a receptividade do público baiano e falou um pouco sobre sua carreira.

Veja os melhores momentos:

Sobre ser considerada a substituta de Cássia Eller: “Ninguém é substituível, Cássia Eller tem o lugar dela nos nossos corações e nossos ouvidos”.

Influências - “Eu toco tudo que eu gosto, não existe isso de separação musical, o som é som, o sol maior que está nas minhas músicas é o mesmo que está lá em qualquer música. Toco Kelly key porque a ouvia na infância. Eu ouvia de tudo, de Sandy & Júnior a Noel Rosa. Sandy & Júnior, acho importante a trajetória deles, são pessoas da minha idade, que já faziam musica desde os 5 anos de idade”.

Parcerias - “A convivência com Caetano foi muito, muito, muito legal. Tinha horas que eu não acreditava, olhava pro lado e uau, era Caetano tocando comigo. Não tenho pretensão de nada, chamou eu tô tocando".

Casamento gay - “Não consigo ter uma opinião, porque pra mim o amor é genuíno e eu não enxergo a maioria do meu público como gays ou não, eu vejo as pessoas. Para mim a escolha sexual é uma expressão do livre arbítrio e é por isso que eu não levanto a bandeira gay, porque para mim é uma coisa natural.

Fonte: Atarde

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Linda demais !!Admiro ela por tudo isso... belas palavrvas.....ela é simples e não precisa se mostrar demais! Maria Gadú amoooooo:)
    xeru

    Elany Maria @ElanyNeguinha @MariaGaduPiaui :)

    ResponderExcluir