quarta-feira, 18 de maio de 2011

Maria Gadú se apresenta em evento beneficiente

Caetano Veloso e Maria Gadú soltaram a voz durante um evento especial. Na noite de terça-feira (17), os cantores participaram do espetáculo "Infância Livre de Exploração e Abuso Sexual", em benefício da ONG "Childhood Brasil". Djavan também também foi outro famoso que subiu ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Na ocasião, o cantor interpretou a música Oceano e a dedicou à mãe. "Foi uma mulher que criou cinco filhos com muito amor e estou aqui por causa dela", disse.
 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Djavan, Sandra de Sá e Seu Jorge também participaram do evento beneficente

Sandra de Sá e Patrícia Pillar participaram da noite e falaram detalhes sobre o projeto para o público. O evento beneficente também contou com uma apresentação da bailarina Ana Botafogo. A rainha Silvia da Suécia, que promoveu a noite e é a presidente da "Childhood Brasil", não deixou da acompanhar a tudo de perto e se mostrou simpática ao acenar para o público.

Após a apresentação, Maria Gadú contou como foi participar da causa nobre. "Foi muito emocionante. Desabei de chorar. Cantei e fui lá para frente para assisitr a tudo. Foi lindo demais, desde a causa da coisa à cura", disse a cantora que também conversou com a rainha durante o evento. "Não sabia que ela falava português. Muito fofinha, bonita, me agradeceu. Ela também foi muito simpática e querida. Tenho que agradecer. Foi a maior honra cantar com Miton [Nascimento], Caetano, [Maria] Bethânia. Entidades."
 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
O espetáculo beneficente reuniu famosos na noite de terça-feira (17). Maria Gadú (à direita) também apareceu
Nos bastidores, Mari Gadú também comentou sobre o figurino que escolheu para a noite. "Paetê é tranquilo, é sussa, mas pinica", contou a estrela que participou do espetáculo que arrecadou fundos para a ONG que protege principalmente meninas. Em conversa com a imprensa, a cantora também contou como eram os tempos de criança. "A minha infância foi maravilhosa, brincava na rua, gostava de música. Eu não era fácil. Era muito peste. Acho que rolou o Rivotril espiritual para eu ficar mais tranquila", disse, bem humorada.
 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
A rainha Silvia da Suécia, que promoveu o evento, esteve presente


Fonte: Quem

Nenhum comentário:

Postar um comentário