sábado, 17 de setembro de 2011

“O trabalho com Gadú fluiu muito fácil”, diz Caetano Veloso

Maria Gadú diz que “O Quereres” é sua música que ela mais gosta. Do repertório dela, qual você destaca e por que?

Dona Cila. É a que mais me emociona quando ela canta durante o show.

Suas músicas dos discos da última década não estão no repertório, com exceção de “Odeio”. Qual foi a intenção?

Tem “Odeio”? Que bom. Ela representa bem minha produção da última década. Não tive tempo de ter intenções ao armar o repertório: o trabalho com Gadú fluiu muito fácil e tudo foi muito rápido.

Vocês já tocaram juntos em vários lugares. Por que escolheram a Bahia para o início da turnê de lançamento – a Praia do Forte, particularmente?

Não foi uma escolha nossa. Nunca combinei com Gadú onde recomeçaríamos. Foi o acaso. Mas fico grato (e acho que ela também) ao acaso por ser na Bahia.

Até que ponto acredita que sua música depende de imagens?

Eu queria ser diretor de cinema. Minhas letras estão cheias de imagens cinematográficas. Gosto de ver shows ao vivo e de muitos vídeo-clips. Na verdade, não assisto muito DVD de show de música. Quase só vejo DVD de filmes. E não acho que seja um caso de depender. Sons e imagens podem se combinar de mil formas. E podem prescindir um do outro.

O que o sucesso significa hoje para você?

Divertimento e responsabilidade.

SERVIÇO:

Caetano Veloso e Maria Gadú: lançamento da turnê do DVD MULTISHOW AO VIVO/ Praia do Forte, sábado (17/09), 21h / Ingressos: R$ 80 e R$ 160 (pista) e R$ 150 e R$ 300 (camarote)

Fonte: ATarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário