segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Maria Gadú volta diferente no disco "Mais Uma Página"

“Cantando eu vivo em movimento / E sem ser mais do mesmo / Ainda sou quem era”, avisa Maria Gadú nos versos iniciais de ‘No Pé do Vento’parceria com Edu Krieger que abre seu segundo disco de estúdio, ‘Mais Uma Página’’. O CD surpreende. Em vez de clonar a fórmula radiofônica do primeiro álbum, a artista investe em som diferente, ora febril (como em ‘Reis’, parceria com Ana Carolina e Chiara Civello), ora etéreo (como na bela regravação de ‘Amor de Índio’, hit de Beto Guedes, envolvido em atmosfera de paz).

Foto: Divulgação
 É fato que a compositora não apresenta canções de imediata empatia popular em ‘Mais Uma Página’. Da lavra de Gadú, a delicada ‘Estranho Natural’ é a canção que mais se conecta com o primeiro CD da artista. Fãs de ‘Shimbalaiê’ vão estranhar o tom inflamado e urgente de ‘Quem?’, faixa autoral cantada por Gadú com Lenine. A tensão se repete na batida seca de ‘Axé a Capella’, tema de Luísa Maita com Dani Black, autor também da funkeada ‘Linha Tênue’.

FAIXAS EM INGLÊS E ESPANHOL 

Extrapolando a fronteira brasileira, Gadú canta também em inglês e espanhol. As faixas em inglês, ‘Like a Rose’ (gravada com orquestra filarmônica) e ‘Long Long Time’, são parcerias com Jesse Harris, colaborador da cantora e compositora norte-americana Norah Jones.

Já ‘Extranjero’ é a (bela) canção entoada em espanhol. Com alma de fado, inclusive por ser cantada com a voz lusitana de Marco Rodrigues, ‘A Valsa’ é outra faixa que mostra que Gadú se movimenta em evolução. Ela virou a página com classe.

Fonte: O Dia

2 comentários:

  1. Pois eu sou um grande fã da Gadú! Tenho o primeiro CD, o DVD e CD Multishow ao vivo, o DVD Caetano e Maria Gadú...Mas não é por isso que eu vou mentir. Eu detestei esse CD! Sinceramente, ele não se parece com ela, é confuso, tem hora que a gente nem sabe que artista esta ouvindo. Não gostei das faixas em inglês ( visto que sua brasilidade delicada é uma das coisas que me encantou de primeira), DETESTEI a faixa em Português de Portugal, é muito chata. E até "Amor de índio" ficou muito parada, não ficou bom. O que aconteceu com aquela Gadú que cantava aquelas músicas singelamente, e tocava o nosso coração??? Esse CD acaba e você ainda está esperando por ela...Entre as melhores músicas ressalto "Linha tênue" e lógico, "Oração ao tempo". Mas não gostei nada dessa página! Espero virá-la logo, ou que pelo menos ela lança um DVD, talvez, que tenha um repertório mais tocante...

    ResponderExcluir
  2. Leonardo, acho que o problema é com você... porque esse CD é mais que perfeito!

    ResponderExcluir