sábado, 26 de maio de 2012

Maria Gadú emociona-se no coliseu

Marco Rodrigues fez a primeira parte do concerto com a sala a encher para a artista principal. Fado do Estudante, de Vasco Santana, pôs todo o público a cantar com o fadista. A rima mais bonita encerrou o concerto de Marco Rodrigues que foi aplaudido de pé por todo o coliseu.

O pano desce. Na imagem projetada desenham-se vários nomes de artistas já falecidos, brasileiros e internacionais. Tom Jobim, Amy Winehouse, Mamonas Assassinas, Jimmy Hendrix, Janis Joplin, John Lenon ou Whitney Huston foram algumas das celebridades relembradas ao som de Alguém Cantando, original de Caetano Veloso e interpretado por Maria Gadú a iniciar o seu espetáculo.

Foto: Ana Veiga
Marco Rodrigues junta-se a Maria Gadú demostrando grande apreço e agradecimento à artista. Valsa junta os cantores num dos momentos altos da noite. Danni Black também foi convidado de Gadú, com quem cantou Aurora e Linha tênue.

O concerto foi marcado também pelo repertório em outras línguas. A espanhola Extranjero ou as inglesas Long, Long Time e Like a Rose, foram algumas das canções que mostraram os dotes linguísticos da cantora e deram ao espetáculo uma sonoridade mais internacional.

Maria Gadú mostrou-se emocionada e muito agradecida ao longo de todo o concerto. A simplicidade, timidez ao receber elogios e a boa energia marcaram a sua postura no palco do coliseu. Encontro, Tudo diferente, Bela Flor e Linda Rosa marcaram momentos de sintonia com o público que cantou bem alto as letras das baladas de Maria Gadú.

Foto: Ana Veiga

O primeiro encore foi marcado por Laranja e pelos solos dos seus músicos : Cesinha (bateria), Fernando Caneca (guitarra) Doga (percussão) Gastão Villeroy (contrabaixo) e Maycon (teclados). Maria foi aplaudida de pé por todo o público que já se preparava para sair quando a artista regressou pela terceira vez a palco. Shimbalaiê encerra o concerto de duas hora e criou uma verdadeira empatia com o público que assistiu, de pé, à última música e cantou em plenos pulmões com a cantora.

Fonte: EspalhaFactos

2 comentários:

  1. Que lindo, fiquei arrepiada ao ler.

    ResponderExcluir
  2. Tive o privilegio de assistir a este espectáculo. De todas as palavras que pairam na minha cabeça, uma chega para adjectivar as duas horas que passei a ouvir MG: magnifico!

    ResponderExcluir