domingo, 19 de agosto de 2012

Maria Gadú na Fundição: mais uma página que entra para história

Maria Gadú mostrou de uma vez por todas que faz parte do hall dos grandes artistas do cenário nacional em show na Fundição Progresso, na Lapa, neste sábado, onde mesclou canções do novo álbum "Mais uma página" com antigos sucessos, entoando seu talento no palco carioca.

Com grande público presente, a apresentação iniciou com uma grande cortina onde eram projetados filmes, e a banda, atrás, fazia a trilha, trazendo clima cinematográfico ao local.

Exibindo a conhecida classe, Gadú fez espetáculo redondo e visceral, deixando os tradicionais banco e violão, formato que usa com frequência, de lado, assumindo o peso das guitarras, mas sem perder a sutileza e delicadeza dos arranjos. Todas as músicas eram cantadas com paixão pelos fãs, que reverberavam cada nota.

No repertório, além do sólido trabalho autoral, releituras caprichadas de Beto Guedes( "Maria Solidária" e "Amor de Índio"), Caetano Veloso ("Oração ao tempo" e "Podres Poderes") e Legião Urbana ("Índios") temperavam a noite, que no final ainda teve participação especial do parceiro e amigo Leandro Léo cantando a swingada "Laranja".

Maria Gadú consolida a carreira em mais uma exibição especial, escrevendo mais uma página que entra para a história.


Fonte: SidneyRezende

Nenhum comentário:

Postar um comentário